NOTÍCIAS

Lona na Lua leva Os Mistérios da Floresta à XIX Bienal do Livro


A 19ª edição da Bienal do Livro, no Rio de Janeiro, vai ter um ‘pedacinho’ de Rio Bonito com muita arte. O projeto sociocultural Lona na Lua, nascido na cidade, se apresentará no evento entre os dias 30 de agosto e 8 de setembro, levando ao público a magia e a beleza do Brasil com o espetáculo “Os Mistérios da Floresta”. A Bienal do Livro será realizada no espaço de eventos RioCentro, no Rio de Janeiro.

O diretor do projeto, o artista Zeca Novais, descreve a apresentação como uma “celebração ao folclore brasileiro”. Cada espetáculo, que será realizado cinco vezes ao dia, terá cerca de dez minutos e acontecerá no pavilhão infantil “Pela Estrada a Fora (Pavilhão 2 – Laranja), às 11h, 13h15, 14h30, 15h45 e às 17h15. “‘Os Mistérios da Floresta’ é a cultura brasileira. Teatro, circo, música e dança, tudo junto e misturado. As pessoas vão encontrar a sereia Iara cantando, um curupira. Vamos estar mostrando o Brasil e suas brasilidades com muita música, poesia e uma explosão de cores”, explica.

Zeca aproveita ainda para destacar o trabalho do diretor de arte, Clebio Holanda, na produção do figurino que será usado no espetáculo. “Ele é um profissional brilhante. Pega as coisas, e remonta… No ano passado, recebemos dois caminhões de figurinos da TV Globo, e o Clebio pegou essas peças e fez um recorte, uma mistura muito maluca. Ele tá fazendo um trabalho incrível”, elogia o artista.

O convite para a participação na Bienal do Livro veio através da curadoria do evento. As curadoras Carolina Sanches e Martha Ribas visitaram a Lona na Lua e, segundo o diretor Zeca Novais, se emocionaram e aprovaram o projeto. Ao longo dos dez dias de participação, 16 alunos do Lona entre 13 e 18 anos estarão se apresentando para mais de 120 mil pessoas. E a palavra que resume o sentimento de toda a equipe que compõe o projeto é uma só: “felicidade”.

“Estou muito feliz, porque a gente trabalha muito duro. Se você reparar, as pessoas que compõem o projeto são de origem humilde. Somos trabalhadores que enxergam a vida de forma muito simples, mas a beleza está no simples. Saber que vamos estar no mesmo espaço que o Maurício de Souza, por exemplo… Eu não sei nem o que falar. Só de pensar eu me emociono”, divide Zeca Novais.

Ano marcante

O ano tem sido de grandes realizações para o Lona na Lua, que completou uma década de vida em 2019. Além das aulas, o projeto está em circuito com o SESC, percorrendo cidades do interior do estado do Rio. Em agosto, o Lona também comemorou um ano do lançamento da iniciativa Eu no Mundo, programa de conscientização social e de cidadania produzido e transmitido em parceria com a Inter TV, afiliada da Rede Globo na região, e com a Associação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (Amperj), que tem alcançado cerca de três milhões de pessoas.

E em outubro, está prevista a inauguração do novo espaço do projeto, localizado na Rua Desembargador Admário Alves de Mendonça, no Centro de Rio Bonito. “2019 é um ano de muitas dificuldades, porque fazer uma obra não é fácil, mas é um ano de muita benção e muita felicidade. Estar na Bienal é mais uma etapa que se inicia. Teve o Lona na Lua antes e depois do Caldeirão do Huck, e agora vai ter o Lona na Lua antes e depois da Bienal”, afirma o diretor do projeto.

“A gente quer mostrar que a arte pulsa de verdade no interior do Estado e do Brasil. Somos de uma cidade do interior que não tem teatro municipal, não tem cinema, mas somos um movimento sociocultural que é respeitado em todo o Brasil. Por isso chegamos à Bienal”. O responsável pelo projeto falou, ainda, sobre a oportunidade que a apresentação na Bienal representa para os alunos. “Uma molecada que às vezes não têm nem o dinheiro da passagem para vir pra cá, vai estar em um mega-evento com uma estrutura à nível internacional se apresentando pra 120 mil pessoas. Então, a arte mostra que eles podem ter possibilidades se trabalharem honestamente, com dignidade. A arte abre portas se você trabalha de maneira correta”, afirma Zeca Novais, que finaliza compartilhando um sonho. “A Bienal é o primeiro passo. Eu quero levar essas crianças para fora do país, e nós vamos, porque eles têm muita coisa pra mostrar”, garante.

A Bienal

A Bienal do Livro vai acontecer entre os dias 30 de agosto e 8 de setembro, no RioCentro, localizado na Avenida Salvador Allende, 6.555, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Os ingressos já estão à venda, podendo ser adquiridos no local ou pelo site da Bienal. As entradas estão no valor de R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia-entrada), válida para estudantes, idosos, portadores de necessidades especiais e acompanhantes, jovens de 15 a 29 anos que pertencem a famílias de baixa renda, menores de 21 anos e professores e profissionais da rede pública de ensino do Rio de Janeiro.

Fonte: Folha da Terra Digital

Arquivo
Logo Lona na Lua

Sede Lona na Lua

Rua Admário Alves de Mendonça, 121, Centro, Rio Bonito-RJ

Casimiro de Abreu

Rua Julio Armindo Mozer, S/N, Mataruna, Casimiro de Abreu

Centro Adm Célio Sarzedas

Av. Amaral Peixoto, s/nº, Vila Campo Alegre – Casimiro de Abreu

21 99564 0609

 21 992924813

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Youtube Lona na Lua
  • Twitter - White Circle