NOTÍCIAS

Diretor do Lona na Lua participa de encontro do Criança Esperança nos Estúdios Globo

Publicado por Lívia Louzada em Folha da Terra

Zeca Novais, fundador do Lona na Lua, no encontro do Criança Esperança
Zeca Novais, fundador do Lona na Lua, no encontro do Criança Esperança

O Lona na Lua está alçando voos cada vez mais altos. Nos dias 8 e 9 de novembro, o diretor e fundador do projeto social, Zeca Novais, participou do Conexão Esperança, um encontro promovido pela TV Globo em parceria com a Unesco, que reuniu 71 líderes de projetos sociais de todo país selecionados para o Criança Esperança 2023. O evento foi realizado nos Estúdios Globo e no Hotel Windsor Barra, no Rio de Janeiro.


O objetivo do encontro foi a troca de experiências e dessa forma promover o fortalecimento dos projetos para 2023. Durante o evento, foram ministradas palestras, uma com a representante da Unesco no Brasil, Marlova Jovchelovitch, e outra com o publicitário Eco Moliterno, além de rodas de conversa e visitas às cidades cenográficas dos Estúdios Globo, onde os líderes sociais puderam conhecer também o departamento de efeitos especiais e de figurinos da emissora.


Ciente do tamanho da responsabilidade que carrega ao representar crianças e jovens de Rio Bonito e Tanguá que são apaixonados pelo Lona na Lua, Zeca Novais conta que este encontro foi um dos mais especiais que participou.


“Como diretor do Lona na Lua, já tive a oportunidade de conhecer muitas pessoas e muitos lugares, mas este encontro, sem dúvidas, foi um dos mais especiais. Ali, convivendo com outros líderes sociais, eu entendi que lugares como Rondônia, Mato Grosso, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, apresentam as mesmas dificuldades, os mesmos anseios de oferecer às crianças e jovens, atividades que garantam um futuro melhor. Entendi que estamos todos no mesmo barco, colegas realizadores de projetos sociais com foco na educação, assim como o Lona, e seguiremos juntos por um Brasil melhor, atendendo ao lema do Criança Esperança, ‘Educação é a Nossa Esperança’”, disse Zeca.

Arquivo