NOTÍCIAS

Projeto “Lona na Lua em Tanguá: Arte para todos” gera empregos e renda na cidade


Desde junho de 2022, centenas de alunos fazem aulas de arte na Estação Lona na Lua, em Tanguá. Quem passa em frente ao espaço cultural, localizado na Rua Presidente Dutra, no centro da cidade, se depara com crianças e jovens carregando malabares, monociclos, violões, pernas-de-pau, livros e flautas, entrando e saindo de um portão azul ladeado por um muro colorido.


As oficinas de teatro, circo, música, roteiro, dança, cenografia e figurino e desenho levam alegria, educação e diversão aos alunos, mas há outra parcela da sociedade que também é beneficiada pela ação.


A aquisição de instrumentos musicais, por exemplo, aquece a economia do mercado musical local. Para Chiquinho, proprietário da Loja de instrumentos Alfasom, este tipo de projeto é muito importante para movimentar o setor na região. “Além da venda de instrumentos musicais ter aumentado consideravelmente na cidade, como empresário me sinto feliz por ver estes jovens fazendo arte. É emocionante.”

Proprietário do restaurante Point Mineiro, Rogério Silva também fala sobre a importância da ação na cidade. “São cinco, seis artistas que almoçam aqui todo dia. Isso é importante porque movimenta a economia local. Para nossa cidade é um orgulho vermos nossas crianças tão felizes. E receber os professores e produtores do projeto aqui no restaurante é uma alegria para nossa equipe.”


A geração de emprego direto também tem impactado diretamente a comunidade local. É o que diz Marcelo Oliveira, que após a chegada do projeto conseguiu uma oportunidade como assistente de produção após três longos anos desempregado. “Fiquei três anos desempregado. Infelizmente, aqui na cidade não tem muita oportunidade de emprego. Tenho cinco filhos pra sustentar e hoje posso dizer que trabalho em um projeto onde sou muito feliz. Aqui debaixo da lona vejo crianças com oportunidades que eu não tive no passado. Tenho certeza que eles terão um futuro lindo pela frente.”

Para a diretora geral do projeto, Gabriele Rangel, a força da arte se faz presente através da iniciativa. “O impacto da economia criativa é visível aqui em Tanguá. Um projeto como este pode transformar não só as vidas dos beneficiados, mas também a comunidade como um todo. O Estado se faz presente através da Lei de Incentivo à Cultura, a Enel como uma empresa socialmente responsável e o Lona na Lua com sua metodologia assertiva. São três pontas, que juntas estão fazendo a diferença na segunda cidade mais pobre do Rio de Janeiro. Tanguá hoje respira cultura.”


O projeto “Lona na Lua em Tanguá: Arte para todos” conta com patrocínio da ENEL, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

Arquivo