NOTÍCIAS

‘Lona na Lua: Oficina de Artes’ leva cultura, educação e cidadania a crianças e jovens de Rio Bonito


No mês de junho a cidade de Rio Bonito ganhou um presente muito especial. O projeto ‘Lona na Lua: Oficina de Artes’ vai beneficiar 200 crianças e jovens com idades entre 06 e 18 anos do município através de aulas gratuitas de circo, teatro, música, dança, coreografia, figurino, desenho e roteiro. Tudo isso com o patrocínio da Enel, Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.


Ao final do ciclo de oficinas de arte, que terá duração de 11 meses, a comunidade poderá assistir de forma gratuita a nove sessões de um espetáculo artístico apresentado pelos alunos formados pelo projeto.


Para o diretor geral do projeto, Zeca Novais, a principal missão é desenvolver um trabalho de abertura de “horizontes” através da inclusão cultural e social, direcionada a crianças e jovens moradores das comunidades da região. “Acredito na arte como uma poderosa ferramenta de inclusão social. Um projeto como este é uma mola propulsora para que crianças e jovens possam realizar os seus sonhos.”, diz Zeca.


Mãe de Isabela e Vitória, duas alunas matriculadas no projeto, Ingrid Gonçalves conta um pouco sobre a importância da perspectiva de inclusão social que a iniciativa traz. “O projeto tira a criança das ruas e traz para dentro da Lona. Na Lona o aluno tem a oportunidade de conhecimento e aprendizado, encontra novos amigos e se desenvolve intelectualmente através do incentivo à leitura.”

Para sua filha Vitória, "O Lona na Lua é uma família. A gente canta, dança, interpreta e é feliz aqui. A Lona é minha segunda casa", diz a aluna de 12 anos.


O projeto “Lona na Lua: Oficina de Artes” é uma realização do Lona na Lua e tem o patrocínio da ENEL, Governo do Estado do Estado Rio de Janeiro e Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro.

Arquivo